More

    África do Sul revelará plano para fechar 10 usinas de energia

    A África do Sul, a 13ª maior fonte mundial de gases de efeito estufa que aquecem o clima, divulgará detalhes sobre como planeja reduzir as emissões no próximo mês na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas no Egito, disse a ministra sul africana do Meio Ambiente, Barbara Creecy.

    A economia mais industrializada da África está enfrentando uma pressão crescente para acelerar sua transição energética.

    Empresas na Itália e na Índia que compram a maioria de suas fibras florestais pediram para reduzir pela metade a pegada de carbono desses produtos até 2030 ou perder o acesso a seus mercados, disse Creecy em um evento em Joanesburgo na terça-feira.

    O plano cobrirá a transição energética da Eskom Holdings SOC Ltd., disse ela.

    A empresa estatal é a maior emissora de dióxido de enxofre do mundo e a maior parte de sua geração de energia vem do carvão.

    A proposta também incluirá planos de desativação de 10 usinas a carvão, a viabilidade de transição da indústria automotiva para produzir motores elétricos, bem como o progresso no programa de hidrogênio verde do país, disse Creecy.

    “O plano de investimento, assim que for lançado na COP27, será divulgado para comentários públicos este ano”, disse ela.

    “O que esperamos sinceramente é que isso crie apetite do setor privado e comecemos a mobilizar as quantidades significativas de financiamento de que precisaremos nos próximos 10 anos.”

    A África do Sul se comprometeu a reduzir as emissões de gases de efeito estufa para zero líquido até 2050.

    O país garantiu uma fração dos  US$ 250 bilhões que precisará gastar nas próximas três décadas para financiar o fechamento de usinas a carvão e o desenvolvimento de energia verde substituta, como eólica e solar.

    A maioria dos fundos garantidos até agora vem de um acordo de financiamento climático de US$ 8,5 bilhões, revelado nas negociações lideradas pela ONU no ano passado em Glasgow, prometido por algumas das nações mais ricas do mundo.

    “Os US$ 8,5 bilhões são claramente um bom começo, mas não são suficientes, precisamos de mais para desbloquear novos investimentos”, disse o CEO da Eskom, Andre de Ruyter, no mesmo fórum.

    “Não devemos imaginar nem por um momento que existe um pool infinito de financiamento concessional disponível; precisamos encontrar nossas próprias soluções que nos permitirão fazer essa transição e, portanto, quanto mais amarrarmos diferentes fontes de financiamento, melhor será o resultado”.

    Leia Também: Google Cloud escolhe África do Sul para a sua primeira região de nuvem em África

    Junte-se ao nosso canal no Telegram
    Você está lendo o WizandroidMZ– Plataforma Moçambicana de notícias sobre Tecnologia disponibilizamos Notícias, reviews, Dicas, informações e mais , dia após dia. Certifique-se de verificar nossa página inicial para todas as últimas notícias e siga WizandroidMZ no Twitter , Facebook e LinkedIn para ficar por dentro. Não sabe por onde começar? Confira nossas histórias exclusivas, ,Ficha Técnica,, dicas e inscreva-se em nosso canal do YouTube

    Sobre o Autor

    Inácio Manhulahttps://www.wizandroidmz.com
    Empreendedor Digital , Fundador do site www.wizandroidmz.com , adoro escrever sobre Tecnologia, criar artigos de interesse tecnológico . Especialista em SEO, Webdesign e Markting Degital .

    Leave A Reply

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Artigos recentes

    Novos Comentários

    Mais Vistos

    Não perca

    10 Melhores jogos parecidos com God of War – Xbox/PC/PlayStation Call Of Duty:Warzone Mobile — Requisitos para Android e IOS Todas as cores do iPhone 14 e 14 Pro Tecno Megabook T1 : Recursos e especificações Principais recursos do Android 13 Apex Legends Mobile Rhapsody – Como Desbloquear – Dicas e Truques Baixar Shorts do Youtube Xiaomi 12s ultra é bom? Google Pay parou de funcionar: Como corrigir Tecno Camon 19 Pro é bom? Review Completo