A Redmi, a nova submarca da empresa Xiaomi focada em aparelhos intermediários, e que concentra suas atenções em aparelhos com melhores custos-benefícios entre suas concorrentes. 
A subsidiária da Xiaomi anunciou seu mais novo smartphone Redmi Note 7, que chamou muita atenção graças a sua câmera de 48 MP com um preço inicial de 999 yuan (R$ 541,65) no modelo de 3GB/32GB, A variante de 4GB/64 GB custa 1.199 yuan (R$ 650,09) e a terceira variante de 6/64 GB custa 1.339 yuan (R$ 758,53) reais.
Relatórios recentes sugerem que a empresa está preparando o lançamento de duas variantes do Redmi Note 7, uma versão mais “potente” do Note 7 e outra mais simples rodando o Android Go.
Chamado de Redmi Go, ele completaria o trio inicial de modelos lançados pela submarca da Xiaomi. Não muito deste smartphone foi discutido na fábrica de rumores, porém nas especulações dizem que ele usa uma tela de 5,9 polegadas e venha com 1 GB de RAM ou menor rodando o sistema Android 9 Pie Go Edition, ele já conseguiu certificações na FCC, EECC, SIRIM (Malásia) e diversos outros órgãos regulares.
O Redmi Go deve ser anunciado no primeiro trimestre de 2019 na Índia, junto do Redmi Note 7 Pro bem como Redmi Note 7 Até então, oficializados na China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here